Entenda quais são as diferenças entre uma mesa escrivaninha e uma mesa de computador e saiba comprar a correta.

 

Na hora de escolher uma mesa, seja para trabalho ou estudo, ou simplesmente curtir seus hobbies, você precisa conhecer bem as diferenças entre os modelos.

Isso porque, dependendo do que você for fazer com a mesa, ela precisa atender a princípios ergonômicos para preservar a saúde de quem a utiliza.

Por exemplo, muitas pessoas acabam comprando mesa escrivaninha para usar um computador, quando, na verdade, o mais indicado é a mesa própria para computadores.

 

O que é uma escrivaninha?

A mesa escrivaninha é um tipo de mesa com altura fixa, usada para escrever, desenhar ou fazer trabalhos manuais.

Ela geralmente vem acompanhada de gavetas ou gaveteiro, podendo ser uma peça reta ou em formato de L.

A mesa escrivaninha não possui qualquer tipo de ajuste, e o espaço embaixo para encaixar as pernas é bastante limitado, gerando certo desconforto.

Este tipo de mesa começou a ser usado erroneamente para computadores quando eles começaram a aparecer no mercado.

A altura da escrivaninha não é ideal para o uso de computadores, mas sim para escrever à mão, desenhar ou fazer artesanatos, por exemplo.

 

Então, quais são as diferenças entre uma mesa escrivaninha e uma mesa para computador?

 

Em primeiro lugar, a mesa para computador não é padrão. Existem vários tipos de mesa para computador.

Entre elas, por exemplo, encontramos as mesas com base deslizante para teclado.

Essas não são recomendáveis, pois a ergonomia não pode ser aplicada nelas, devido ao espaço extremamente limitado na base do teclado.

O melhor tipo de mesa para computador são as mesas de escritório ajustáveis.

Elas são grandes o suficiente para comportar o monitor, o teclado e o mouse, nas posições mais recomendadas.

Também podem ser usadas para notebooks, desde que você ajuste a altura para que a ergonomia fique correta.

A mesa para computador ajustável permite que você aumente ou diminua a sua altura, ajustando-a para trabalhar na melhor posição.

A mesa escrivaninha não possibilita esse ajuste, já que sua posição é fixa.

Outro detalhe da mesa para computador é que há espaço de sobra embaixo da mesa para acomodar a CPU, além de ter espaço de sobra para as pernas.

Mesmo uma mesa escrivaninha de canto ou uma escrivaninha com estante não oferecem a mesma facilidade, de forma que sua posição pode ficar desconfortável.

 

Mesa para estudar

Uma mesa para estudar precisa de muito espaço. Além do computador, o aluno certamente terá outros materiais para acomodar na mesa.

Dependendo do tipo de estudo, podem ainda ser necessários alguns itens como materiais técnicos, como no caso de um curso superior em engenharia, fotografia ou design.

Uma mesa escrivaninha não é o suficiente. Além de não acomodar muito bem o computador e não permitir o correto ajuste da ergonomia, ela tem pouco espaço para os outros materiais.

Uma mesa para computador é maior, ajustável e consegue acomodar tudo que o estudante precisa.

Para estudos, indicamos a Slikdesk Lightway.

 

Mesa para trabalhar

Você não conseguirá trabalhar o dia todo em uma mesa escrivaninha, simplesmente porque ela não é confortável.

Quem trabalha no computador o dia todo precisa de conforto, ergonomia para evitar problemas na coluna, ombros, costas, pernas e braços, além de espaço de sobra.

Uma mesa de computador própria para o trabalho é a melhor opção nesses casos.

Especialmente uma mesa ajustável com regulagem de altura.

Se você optar por uma mesa elétrica, ela te dará a facilidade de trocar de posição durante o trabalho com o toque de um botão.

Para trabalhar, indicamos fortemente a mesa Slikdesk High.

 

Mesa para os filhos

Quem disse que as crianças não precisam de ergonomia também?

Na realidade, a infância é um dos períodos mais críticos ergonomicamente falando, já que a criança está se desenvolvendo.

Segundo um estudo feito no Centro Universitário Belas Artes de São Paulo, “A infância é um período de grande desenvolvimento físico, marcado pelo gradual crescimento da altura e do peso da criança. E é nessa fase que os primeiros problemas relacionados à ergonomia começam a aparecer.”

Se a criança não tiver orientação sobre ergonomia e ficar em posições que comprometem sua saúde, ela pode desenvolver sérios problemas de má formação que a acompanharão pelo resto da vida.

Uma escrivaninha infantil também não é adequada nesses casos, pelos mesmos motivos que ela não é adequada para os adultos.

Para que seus filhos brinquem, estudem e pratiquem suas atividades com segurança, indicamos a mesa Slikdesk High, que consegue chegar a uma altura mínima de 66 cm.

 

Saúde e bem-estar

É muito comum, infelizmente, a negligência quanto à saúde e ao bem-estar ergonomicamente falando.

A ergonomia está entre as principais preocupações dos especialistas, mas também figura entre as principais negligências do consumidor.

O resultado disso é um grande número de casos onde a principal reclamação é a dor nas costas.

Essa é uma das queixas mais ouvidas pelos médicos quando atendem pacientes que trabalham em casa, no regime home office, por exemplo.

A falta de atenção com a ergonomia pode levar a problemas sérios, como o desenvolvimento de bico de papagaio, hérnia de disco, entre outras doenças da coluna.

A ergonomia também ajuda a prevenir lesões como a tendinite, a bursite e outras que afetam braços e pernas.

Só existe um meio de garantir que você estará trabalhando, estudando ou se divertindo com segurança: atender às recomendações ergonômicas.

 

Quais são essas recomendações?

Vamos às principais recomendações ergonômicas para melhorar a sua experiência. Primeiramente, a coluna deve estar ereta, em posição relaxada.

Os cotovelos devem estar rentes ao corpo, fazendo um ângulo de 90º com os punhos.

O quadril deve estar na mesma posição da coluna, e os joelhos devem fazer um ângulo de 90º com os pés.

Estes, por sua vez, devem estar apoiados completamente no chão, sem ficarem suspensos.

Aplicando as recomendações ergonômicas, você percebe o porquê a mesa escrivaninha não é o ideal para você.

Fique atento e certifique-se de observar bem suas necessidades antes de comprar seu mobiliário.