Entenda o que é uma standing desk e quais benefícios ela traz para o trabalho e para a qualidade de vida do profissional.

 

Trabalhar sentado durante longos períodos é muito comum no mundo todo, mas isso também traz malefícios à saúde e ao bem-estar dos profissionais. 

Uma das melhores soluções que se pode encontrar é investir em uma mesa para trabalhar em pé, também conhecidas como standing desk ou sit to stand desks.

As standing desks dão a possibilidade de se ficar em pé durante o trabalho, melhorando a postura, além de trazer diversos benefícios para a saúde.

 

O que é standing desk?

Standing desk é uma mesa com regulagem de altura para que o trabalhador possa ficar em pé ao longo do seu período de trabalho. 

Normalmente, esse tipo de mesa traz um mecanismo de regulagem de altura, permitindo, assim, ajustar a altura da mesa para ficar sentado ou em pé.

Segundo especialistas em ergonomia, e segundo a NR-17, existem uma série de requisitos para que o trabalho seja desempenhado com segurança e conforto para o corpo. 

Ignorar os fatores de ergonomia pode trazer inúmeros problemas à saúde, como dores nas costas, dores nos ombros, desgaste da coluna, além de complicações mais severas.

Além disso, ficar muito tempo sentado também prejudica a circulação sanguínea, gera problemas cardíacos, contribui com o desenvolvimento de diabetes e aumenta a gordura corporal. 

Segundo uma pesquisa da Jama Oncology, o sedentarismo aumenta também o risco de morte por câncer.

 

Quais os benefícios de uma standing desk?

A longo prazo, trabalhar em pé melhora a postura, elimina dores nas costas e ombros, além de ajudar a emagrecer, fortalecer músculos e ossos, melhorar a circulação sanguínea, entre outros benefícios. 

Isso tudo sem falar na produtividade, que é comprovadamente maior para quem trabalha em pé.

 

Benefícios para a saúde

No tangente à saúde, ficar em pé ativa a circulação sanguínea, permitindo melhor oxigenação do cérebro, fortalecendo o coração e evitando problemas cardiovasculares. 

Um estudo da universidade de Harvard com resultados publicados no blog Harvard Health Publishing revela que a queima de calorias é maior em pessoas que trabalham em pé.

Ou seja, alternar entre ficar de pé ou sentado contribui com a prevenção ao diabetes, com a perda de peso e com a saúde de forma geral. 

Além disso, ficar em pé fortalece os músculos e ossos das pernas e das costas.

Por fim, trabalhar em pé diminui o risco de câncer, especialmente o de cólon e de mama.

 

Qualidade de vida no trabalho

A qualidade de vida no trabalho também melhora exponencialmente quando o profissional trabalha em pé. 

Ficar em pé inibe o sono, que geralmente acompanha os profissionais que ficam muitas horas na frente do computador, sobretudo em home office.

Trabalhar em uma standing desk também ajuda a fortalecer a musculatura, trazendo benefícios para todas as áreas da saúde. 

A disposição e a criatividade ficam mais aguçadas em quem trabalha numa standing desk, já que o ritmo de oxigenação do cérebro é mais intenso.

Resumidamente, trabalhar em pé requer um gasto maior de energia, permitindo que o corpo descanse melhor durante a noite.

 

Ergonomia: Postura, diminuição de dores e redução no risco de doenças ocupacionais

Um dos grandes problemas de quem trabalha sentado o dia todo são as dores nas costas e nos ombros. 

Elas são comuns e costumam aparecer devido à má postura durante o trabalho.

Além disso, doenças ocupacionais relacionadas ao sedentarismo são evitadas ao trabalhar em uma standing desk. 

Você não precisa ficar em pé o tempo todo, mas sim a maior parte do tempo, variando entre ficar sentado e em pé quando estiver cansado.

Em pé, fica muito fácil assumir a postura correta, pois você não depende de uma cadeira para isso.

 

Ganho de produtividade

Sabe aqueles dias em que parece que, por mais que você tenha dormido a noite toda, o sono não vai embora? Isso tem relação com a postura e a ergonomia. 

Quando você trabalha em uma postura que é desconfortável para seu corpo, mesmo que inconscientemente, o cérebro envia um sinal na tentativa de fazer com que você mude para outro lugar.

Assim, vem o sono, a distração e a vontade de mudar de posição. Trabalhar em pé te permite se manter mais focado, aumentando sua produtividade ao eliminar todos esses problemas.

 

Dinamismo no trabalho

É muito difícil passar pelo dia de trabalho se você tiver que ficar sentado exatamente no mesmo lugar, na mesma posição o tempo todo. 

Involuntariamente, você começa a procurar motivos para se distrair, para se levantar e deixar o trabalho para depois.

Uma standing desk pode ajudar a trazer mais dinamismo para o trabalho, já que permite que você ajuste a altura da mesa para trabalhar sentado ou em pé. 

A variação entre as duas posições é o que faz com que o dia passe mais rápido e que você não perceba.

 

Adequação NR-17

A NR-17 é a norma técnica que governa a ergonomia no trabalho. Se você tem uma estação de trabalho, seja em casa ou na empresa, é obrigatório seguir os padrões de ergonomia apresentados por esta norma.

A norma determina, por exemplo, que os cotovelos devem ficar em posição de 90º em relação aos quadris. 

O monitor deve estar na altura dos olhos, sem a necessidade de olhar para cima ou para baixo.

Além disso, as costas devem estar eretas e as plantas dos pés completamente em contato com o chão. Uma standing desk cumpre todos esses requisitos.

 

Modelos de standing desk

Existem inúmeros modelos de standing desk para que você comece a trabalhar em pé com conforto e qualidade de vida. 

Você encontra tanto modelos com regulagem manual quanto automatizada.

A grande vantagem dos modelos com regulagem automatizada é poder ajustar a altura da mesa rapidamente, com o apertar de um botão, ou um toque no touchscreen.

Um ótimo exemplo de mesa com regulagem de altura automatizada é a Slikdesk High

Ela é construída em aço carbono e tem pintura em pó eletrostática, proporcionando durabilidade, qualidade e resistência à oxidação.

Comece a trabalhar em pé e aproveite os inúmeros benefícios de uma standing desk.