Fazer alongamentos matinais é algo que pode transformar sua qualidade de vida, além de prevenir lesões.

Segundo a SmartFit, uma pesquisa norte-americana revelou que o ato de se alongar melhora a flexibilidade e, consequentemente, a amplitude dos movimentos do corpo.

Só pela sensação prazerosa de esticar todo o corpo quando ainda estamos na cama, já é um sinal de que se alongar faz bem.

Além de preparar o corpo para o dia a dia, alongar ajuda a prevenir lesões, dores e incômodos.

Hoje, você verá alguns alongamentos matinais que vão te ajudar.

 

Quais os benefícios do alongamento matinal?

Segundo o Blog Educação Física, do Grupo VOLL (especializações para profissionais e estudantes da educação física), os seguintes benefícios podem ser observados com a prática frequente de alongamentos:

  • Bem-estar mental e físico;
  • Desenvolvimento da percepção do próprio corpo;
  • Redução na incidência de lesões musculares;
  • Redução dos riscos de disfunções da coluna;
  • Melhora da postura;
  • Diminuição da tensão muscular;
  • Suavização de cólicas menstruais em atletas;
  • Diminuição da irritabilidade muscular;
  • Estímulo da produção de serotonina, o hormônio da felicidade;
  • Diminuição da incidência de cãibras.

 

Se alongar diariamente faz bem?

Tanto quanto a atividade física frequente, a prática de fazer alongamentos todos os dias proporciona todos os benefícios vistos acima.

Começar o dia com alongamentos é a melhor forma de preparar o corpo e a mente para o que vem a seguir, seja um dia movimentado ou um dia que você fica sentado durante muito tempo.

 

Alongamento antes ou depois dos exercícios?

Os alongamentos devem sempre ser realizados antes e depois de um exercício físico.

Antes do exercício, eles melhoram a elasticidade e aquecem os músculos, evitando cãibras e lesões.

Após, eles ajudam a musculatura a se recompor e diminuir o ritmo de atividade, o que ajuda no descanso.

 

Quais os melhores alongamentos para fazer de manhã?

Veja agora uma lista com os principais alongamentos matinais que qualquer pessoa pode fazer.

 

1 – Extensão total do corpo

Extensão total do corpo

A famosa “espreguiçada” é, na maioria das vezes, a primeira coisa que fazemos ao acordar. Então, aproveite e transforme-a em um alongamento.

Estique os braços em direção à cabeceira da cama e os pés na direção oposta. Segure a posição por 15 segundos e solte.

 

2 – Abraçar os joelhos

Abraçar os joelhos

Deite-se de barriga para cima e traga os dois joelhos na altura do peito, abraçando-os.

Esse alongamento atua na lombar e na parte posterior das coxas. Você pode segurar a posição por até 30 segundos.

 

3 – Extensão de pernas

Extensão de pernas

Com as costas eretas no colchão, estique uma das pernas para o alto, elevando o máximo que puder, até que chegue na posição de 90°.

Seguro o máximo que conseguir e sinta o alongamento na região posterior das coxas e na panturrilha.

 

4 – Relaxamento das costas

Ajoelhe-se na cama e sente sobre os calcanhares. Lentamente, deixe o tronco cair para a frente e mantenha as mãos para trás.

A posição vai relaxar os músculos posteriores do corpo, incluindo nuca e ombros.

Relaxamento das costas

5 – Perna para trás

Perna para trás

Hora de se levantar da cama. Apoie uma mão na parede e, com a outra, segure seu calcanhar do mesmo lado do corpo, atrás das costas.

A perna deve ficar totalmente dobrada e sua mão vai ajudar a alongar a parte dianteira das coxas. Alterne as pernas após 15 segundos.

 

6 – Tríceps

Tríceps

Dobre um braço para trás da cabeça até que sua mão encoste nas costas. Com o outro braço, pressione o cotovelo de forma leve, porém, firme.

 

7 – Peitoral

Vá até a porta do quarto e segure no batente. Estenda o braço para trás, como se fosse girar o corpo. Quanto mais alto seu braço ficar, melhor será o alongamento.

Peitoral

Foto by lioputrahard729797 – Vecteezy.com

 

 

8 – Bíceps

Entrelace os dedos atrás das costas e estique os braços. Tente elevar as mãos sem soltá-las. Quanto mais alto você conseguir chegar, maior o efeito do alongamento.

 

Foto by lioputrahard729797 – Vecteezy.com

 

9 – Pescoço

pescoço

Coloque a mão direita no lado esquerdo da cabeça, por cima, e puxe gentilmente a cabeça para a direita. Depois, troque de lado.

 

10 – Antebraços

Antebraços

Com o braço direito estendido, puxe para cima os dedos da mão direita usando a outra mão (não se esqueça de que o dedão também é dedo!).

Depois, troque de braço e repita. Esse alongamento também ajuda a alongar os tendões na região do punho.

 

Exercícios de alongamentos poderão ajudar a melhorar a disposição, diminuir dores, prevenir lesões e manter os músculos mais relaxados.

Sentir dor nunca é um bom sinal. Se você estiver sentindo dor durante os alongamentos, pare e consulte um médico.

O ideal é fazer alongamentos matinais assim que você acorda, mas eles também podem ser feitos antes de dormir para ter uma noite de sono melhor.

Para complementar seu conhecimento sobre o assunto, leia também: